Publicado em

AppleAndroidShove

 Android versus iPhone, Google versus Apple, temas reiterados em qualquer espaço que trate de tecnologia, principalmente numa blog focado em mobile. O diferencial que procuro dar por aqui é o tratamento mais isento. Sendo usuário de Android e preferindo a plataforma para o meu uso pessoal, não a considero a melhor escolha para todo e qualquer perfil de usuários. Há pessoas para quem eu, firmemente, recomendo o iPhone, com base num critério que pode ser o principal motivo da recuperação do iPhone no mercado diante dos novos compradores, como explicarei adiante.

Com um exército de 550 mil Androids postos em combate todos os dias, a plataforma móvel da Google tem sido uma implacável rival do iPhone. O crescimento do Android no market share de smartphones não é novidade e ele tem sido comentado com várias abordagens. O gráfico abaixo analisa as plataformas por impressões de anúncios de publicidade online advindas de dispositivos móveis, com base no funcionamento da plataforma de marketing da Millennial Media (ver CNET).

 

 

SmartphoneImpressionOSMix

 

Ou seja, 65% das visualizações foram geradas por smartphones e, entre eles, 54% ocorreram em aparelhos rodando Android, liderando sobre o iOS (26%) com mais que o dobro dos pontos percentuais. Os Blackberry vêm em terceiro com 15% das visualizações, com o Symbian e o Windows trocando cotoveladas na retaguarda. A vantagem do Android como plataforma é tão grande que parece imbatível, embora a Apple ainda lidere como fabricante, tendo em vista que fabrica sozinha o iPhone enquanto o Android é dividido entre várias marcas, sendo a Samsung a mais bem-sucedida delas.

Agora vejamos um novo dado que entra em cena. Uma pesquisa conduzida recentemente pela ChangeWave Research reporta que o iPhone lidera como escolha dos usuários que pretendem comprar um novo smartphone nos próximos 90 dias. As entrevistas foram realizadas em junho com 4,163 consumidores norte-americanos, onde 46% deles tem o iPhone como escolha para um smartphone a ser comprado nos próximos 3 meses. O Android vem em segundo com 32% e os Blackberry, Symbian e Windows brigam famintos pela merreca que sobra.

Essa é uma informação interessante que merece alguma análise, e vou ousar dar meu palpite. Acredito que estamos num momento em que um bom número de usuários com aquele perfil não tão ligado em tecnologia está indo para o segundo smartphone. Costumo dizer que aquisição de smartphones é como a de instrumento musical. Quando você vai começar, nem sabe ainda tocar, compra qualquer modelinho de entrada. Para o segundo você já quer o melhor que seu bolso puder bancar.

É exatamente aí que a coisa muda de figura. Já disse em outras ocasiões que, para esse usuário não-geek, se ele pretende gastar mais num smartphone, o iPhone se torna, quase sempre, a melhor opção. É sério. Existem dois perfis de usuários para os quais eu aposto no Android: aquele que quer um smartphone barato, seja ele entusiasta ou não de tecnologia, ou aquele que quer um smartphone hi-end e não é muito chegado em temas de tecnologia. Minha namorada não é geek e se dá muitíssimo bem com o Nexus S, mas ele é o Android na sua melhor apresentação  ela tá bem assessorada.

Para aquele usuário que não se interessa tanto por aprender sobre tecnologia, que não tem, nem de longe, o perfil de quem vai sair customizando o aparelho não vejo porque indicar um Atrix ou um Galaxy S II. Esse é o tipo do usuário que estará melhor com um iPhone, recomendando-se que ele espere pelo iPhone 5, que é o aparelho para competir com esses dois Androids citados aqui.

É natural que, com os smartphones se popularizando, se tornando bens de consumo mais comuns, e não um luxo de gente metida, os adquirentes de um segundo modelo, que se encaixem nesse perfil não-geek, acabem procurando o iPhone, mesmo que tenham sido iniciados nesse mundo mobile por um Android desses mais baratos. No Brasil, onde não se conta com o mesmo poder de consumo, os Androids baratos ainda poderão continuar figurando como escolha dos usuários.

Claro, essa não é a única e talvez nem seja a melhor explicação. Fique a vontade para dar o seu pitaco nos comentários.

Categorias: Smartphone / Tags , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>