xiaomi phone

Uma das coisas mais fascinantes no Android é a diversidade de modelos. Tem smartphone para todos os gostos e bolsos, tem modelo pra quem gosta de teclado físico e não deseja voltar ao passado e agarrar um Blackberry, tem Android de luxo  e Android barato, tem até o ZTE X850, aquela tralha com uma base de usuários fanboys que odeiam esse blog. No meio dessa diversidade, além das bombas com o ZTE, surgem também modelos econômicos e interessantíssimos, como é o caso do Xiaomi Phone.

Anunciado inicialmente  com um processador dual core de 1.2Ghz, o Xiaomi M1 Phone sofreu algumas mudanças (para melhor) durante seu desenvolvimento e está sendo lançado com um SoC da Qualcomm, modelo MSM8260, que traz um processador dual core de 1.5Ghz. O processamento gráfico fica a encargo da GPU Adreno 220, que faz parte do Snapdragon. O sistema conta com 1GB de memória RAM para animar um pouco mais a festa, além de 4Gb de ROM, espaço que comportará o sistema operacional e os apps instalados pelo usuário.

Falando em sistema operacional, o Xiaomi M1 Phone roda originalmente a MIUI ROM, uma variação do Android desenvolvida diretamente a partir do AOSP que conquistou muitos fãs por combinar uma bonita interface, com uma bela coleção de widgets nativos, além de ser rápida e versátil como o Cyanogen Mod 7.

Com tudo isso, a chinesa Xiaomi entrega ao mundo um Android que tem tudo para agradar aos mais exigentes usuários da plataforma, quebrando com aquela ideia de que por lá só criam porcarias ou réplicas fuleiras de iPhone. O modelo da chinesa combina um hardware impecável com uma versão do Android que, embora enfrente algumas críticas por tentar demais imitar o iOS, é inquestionavelmente superior a qualquer ROM que a Motorola Mobility tenha sido capaz de fazer antes de ser comprada pela Google.

Outra informação interessante é que o modelo com processador de 1.2Ghz, anunciado inicialmente, será também lançado com um preço ainda mais acessível do que os US$ 310 cobrados pelo top de linha.

Para quem ficou interessado em ver o Xiaomi “de perto”, o pessoal do Engadget esteve lá e fez um vídeo.

Com informações: Engadget

Categorias: Android / Tags , , , , , , , , , , .

12 respostas a Xiaomi Phone é um poderoso dual core de 1.5Ghz com MIUI OS por US$ 310,00

  1. Sérgio Neves disse:

    Os celulares chineses, muito criticados e com algum razão, têm vindo a ficar cada vez mais próximos do que queremos: bom e barato. Não devemos, nunca, menosprezar o que vier da China. É uma questão de tempo, no mundo globalizado em que vivemos. Li há dias sobre um modelo chinês quad-core, penso que o primeiro no mundo.

    • Não duvido mesmo que cheguem bons produtos, mas que há uma infinidade de tralhas é inegável, de maneira que fica realmente complicado distinguir.

      Eu curtiria testar um desses e fazer um review sobre ele. Se colocarem um distribuidor brasileiro eu entro em contato para tentar analisar um deles. Acho válido.

      • Sérgio Neves disse:

        A invasão/venda de muitos celulares chineses, penso que se deveu à novidade de podermos ter mais de um chip ativo. Se bem me recordo, apenas a Samsung tinha um que custava cerca de R$800,00. Só agora vemos as grandes marcas, proporem celulares de 2 chip's, e muito timidamente. Eu mesmo aderi por necessidade. Comprei pela net, um que me custou R$90,00. Tem um ano, veio diretamente da China para casa sem mais custos. Ainda funciona. :)

    • Robson Luiz disse:

      Algumas pessoas se esquecem de que todos ou quase tudo é fabricado na China, mas que agora, eles tomaram a atitude correta, criam empresas decentes que entregam produtos decentes ao mundo por um preço mais favorável a todas as pessoas e não somente a elite, embora o mundo sempre vá separar o joio do trigo, isto sempre. Temos carros, micros, notes, nets, filmadoras, celulares, ipod, tvs, etc, etc. Parece que a China acordou e o mundo vai saber que é o seu verdadeiro dono. Infelizmente, a abertura para o povo ainda é mínima, tomara que abram mais a mente para o que se deve ser feito, sem abrir demais, é claro. Senão, vira a bagunça que estamos vivendo hoje aqui no Brasil.

  2. Sérgio Neves disse:

    Ah, só para dizer que o tal celular chinês quad-core é um Meizu. http://www.eletronicoblog.pop.com.br/post/7716/mx

  3. andre disse:

    kkkk o cara tentando fazer o touch funcionar é demais rs

  4. Marcelo disse:

    DAQUI A ALGUNS ANOS OS CHINESES VÃO POR A APPLE, SAMSUNG, SONY, HTC, ETC. NO CHINELO. QUANDO EMPRESAS COMO A FOXCONN FABRICAM PARA AS MAIORES MARCAS (NINTENDO, SONY, APPLE, POR EXEMPLO). SÓ BOBO PARA NÃO PERCEBER QUE ELES ADQUIRIRÃO CONHECIMENTOS TÉCNICOS. COM A PRODUÇÃO EM LARGA ESCALA (FOXCONN TEM 920.000 FUNCIONÁRIOS) A CHINA VAI ARREBENTAR QUALQUER CONCORRENTE COM CUSTOS-BENEFÍCIOS INIGUALÁVEIS.

  5. Renato Bessa disse:

    Onde posso comprar um Xiaomi Phone?

  6. Fladson disse:

    pelas especificações GSM e 3G ele funciona normalmente no Brasil??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>