Xiaomi Phone MI-One

O Xiaomi Phone foi comentado aqui logo que anunciado, pois trata-se de um projeto realmente interessante. Um produto chinês que, pasmem, tem elementos para agradar os mais exigentes usuários, sobretudo os heavy users do Android ligados em custom ROMs. Pelo visto, o poderoso Android da China está prestes a ser lançado, conforme anúncio avistado no DealExtrene.

Para refrescar a sua memória, o Xiaomi Phone terá o hardware central equipado com um SOC MSM8260, da Qualcomm, com CPU dual core rodando a 1,5Ghz, processador gráfico Adreno 220 e 1Gb de RAM. Na parte de software, o aparelho virá de fábrica com a MIUI ROM e promete ser bastante aberto para customizações, aderindo ao espírito do “Android livre”.

Ainda nesse sentido, a memória NAND do Xiaomi Phone virá particionada de maneira a possibilitar a utilização alternada de duas ROMs. Segundo o fabricante, isso permite que o usuário mantenha a versão oficial da MIUI ROM que vem instalada de fábrica e possa testar nightly builds (versões beta) à vontade, sem comprometer o seu sistema de uso diário.

Indo além, podemos imaginar que muito em breve o Xiaomi Phone será contemplado com uma versão do Cyanogen Mod, o que poderá fazer desse sistema dual boot algo ainda mais interessante. Tudo isso num Android barato, que deverá custar em torno de US$ 300,00 lá fora.

Depois de algum tempo sem ouvir notícias do promissor Android chinês, dei de cara com ele num banner do DealExtreme. O site de comércio eletrônico da China está disponibilizando um campo a ser preenchido com o e-mail de quem desejar ser notificado do lançamento. Além disso, está rolando uma promoção no blog do DealExtreme onde é possível concorrer um Xiaomi Phone inteiramente gratuito.

O sorteio do Xiaomi Phone é a sua chance de pegar um potente dual core que, certamente, receberá o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) mais cedo do que muitos dos modelos de marcas tradicionais. Para você ver como nem só de ZTE X850 vive o Android na China.

Categorias: Smartphones Android / Tags , , , , .

7 respostas a Xiaomi Phone, o dual core chinês com MIUI ROM oficial está a caminho

  1. Renato Bessa disse:

    minha prima vai para miami dia 5 de janeiro… será que até lá esse smartphone jé estará disponível?

  2. Sérgio Neves disse:

    Lembro-me de, não há muito tempo, ter lido aqui que os celulares xing ling eram uma aberração, etc, etc, etc. Na altura, descrevi a minha experiência com um, positiva até hoje, mais de um ano passado. O gigante adormecido já acordou. Não me admirava se esse celular também viesse com aptidão a mais de um chip, coisa que nos mercados emergentes, como o Brasil, é uma característica a ter em conta.

  3. Renato Bessa disse:

    A China começar a viver algo parecido com o que o Japão viveu décadas atrás, os produtos de tecnologia daquele país também sofriam certa discriminação por parte do mercado mundial, hoje em dia o Japão é referência em tecnologia de ponta e qualidade. Com certeza, dentro de poucos anos os produtos de tecnologia da china também serão mais respeitados.

    • Mas ainda continuam, e continuarão, existindo duas Chinas, ou três. A vasta gama de porcarias oriundas de fabriquetas de fundo de quintal não vai deixar de existir com um aparecimento de alguns produtos mais promissores.

      Esse preconceito contra o que é "made in China" é asneira de quem não entende nem de tecnologia nem do funcionamento da indústria no mundo de hoje. As maiores marcas de projeção global tem montadoras na China. Tenho no meu home theater um receiver de uma marca que quem entende de áudio e vídeo conhece certamente, um Harman Kardon. A marca é americana, mas é fabricado na china como boa parte dos produtos de grandes marcas atualmente. Quem ouve um receiver desse tocar e tem um mínimo de sensibilidade, principalmente pra reprodução musical, não o troca por outro de outra marca, seja ele fabricado onde for.

      Existem 3 chinas em termos de indústria de tecnologia de uso pessoal:

      1 – montadoras de grandes marcas, algumas delas de sucesso merecido, outras nem tanto, mas a qualidade dos produtos não é afetada pelo fato de serem montados na China.
      2 – Uma nova leva de produtos inteiramente chineses que se mostram promissores, como é o caso do Xiaomi Phone.
      3 – A tralharada de fundo de quintal que compramos no DealExtreme porque é barato, mas sabendo que realmente não valem nada.

  4. Chuc disse:

    esse xiaomi phone parece interessante, vo esperar o lançamento para pensar na troca do meu milestone

  5. d4rk disse:

    Ele ou Nexus Prime…. Ajuda aqui! >.<

  6. meninuigu disse:

    Assinei meu email lá… Será que vai ter tutoriais sobre instalar roms alternativas no Xiaomi Phone? Aguardemos. :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>