03_samsung_galaxy_w

A maior demanda dos leitores, pelo que posso perceber no Twitter, consiste em impressões sobre diferentes modelos de smartphones. Não tenho acesso a todos os modelos existentes mas, como acompanho de perto o Android e conheço as peculiaridades da plataforma, posso transmitir algumas opiniões sobre os modelos com base nos dados que temos sobre eles. É o que farei aqui com o Samsung Galaxy W (SGW).

O W em comum nos nomes do Galaxy W e do Omnia W não foram parar aí por acaso. A Samsung tem feito um grande negócio montando aparelhos com Android e com Windows Phone baseados em hardware praticamente idêntico. O Samsung Focus que uso para minhas experiências com Windows Phone é basicamente um Galaxy S, assim como o Omnia W é basicamente um Galaxy W. Dessa maneira, o hardware central dos dispositivos pode compartilhar, ao menos em parte, da mesma linha de montagem, tendo em vista que eles diferem, basicamente, na “carcaça” e no sistema operacional.

Isso deve ter um efeito positivo sobre o custo dos modelos entregues ao consumidor, o que tem feito dos dois “modelos com W” em questão excelentes opções, um para quem prefere o Windows Phone, outro para quem prefere o Android. Então vamos focar no Galaxy W, que é o nosso tema principal nesse blog.

O hardware central do SGW é muito interessante, principalmente quando visto num aparelho que custa em torno de R$ 900,00 nas lojas brasileiras. O SoC é um Qualcomm MSM8255 Snapdragon, que traz um processador central Scorpion rodando a 1,4Ghz e uma GPU Adreno 205. É um maquinário equparáve, talvez com algumas vantagens, ao do Galaxy S. Embora o processador gráfico PowerVR SGX540 do SGS seja superior em vários aspectos, o SoC da Qualcomm obtém resultados gerais de banchmark muito próximos em virtude do maior clock da CPU, contra-balanceando em favor do SGW.

Traduzindo isso em português mais claro, trata-se de um smartphone que irá, de maneira geral, se equiparar ou até mesmo se sobressair numa comparação com o Galaxy S (SGS), a não ser pela qualidade de imagem da tela. Isso porque o SGW não traz a famosa Super AMOLED que consagrou a Samsung nesse departamento, sendo equipado com uma tela TFT. Vale ressaltar que o Omnia W, com Windows Phone, apesar de ser o hardware central idêntico ao do SGW, é equipado com tela Super AMOLED.

A grande sacada da Samsung para o Galaxy W é justamente a de empregar uma tela de custo mais baixo para oferecer um Android de performance sólida por um preço mais acessível. Basta observar que o preço do SGS não sofreu a queda esperada nem mesmo após o lançamento do Galaxy S II, o que pode ser explicado pelo custo das telas Super AMOLED. Com isso, o SGW se revela uma ótima opção para quem procura um Android de preço intermediário, ficando preocupante apenas a perspectiva de atualização do sistema para o Ice Cream Sandwich, que já foi negada para o Galaxy S.

Categorias: Smartphones Android / Tags .

7 respostas a Notas sobre o Galaxy W, um bom celular com Android em custo-benefício

  1. Eu gostaria muito que a Samsung trouxesse o Focus para o Brasil…

  2. keypton disse:

    Cara, comprei faz uma semana e o aparelho é excelente… já tá rooteado e tudo… faz praticamente tudo que o GSII faz e por 1/3 do preço… estou agora na expectativa do 4.0… se sair, ficarei uns dois anos com este aparelho… abs…

    • MYs disse:

      Caras, comprei um W e está chegando, tem algum site especializado nele?
      Tipo para poder explicar tudo dele? Pq o que eu vejo é muito genérico. Chato de procurar.
      Como vc fez ??? da o toq nos comentários
      Se o proprietário puder responde no email.
      Vlw…

  3. renato disse:

    O que eu gostaria de saber é se a tela tem Gorilla Glass ou algum outro tipo de proteção, já que estou na dúvida entre ele e o Optimus Black para fazer dobradinha com o meu N8.

  4. Pingback: 60% dos usuários já têm a última versão do iOS, e daí?

  5. Luciano disse:

    Celular maravilhoso. Só está faltando a Samsung liberar a atualização para o ICS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>