Publicado em

galaxy s ii jelly bean

Enquanto a Samsung se mantém em silêncio sobre uma atualização que traga o Android 4.1 (Jelly Bean) para o Galaxy S II, tudo o que temos são especulações de observadores em sites especializados ou em fóruns de usuários e desenvolvedores. Em geral, as análises são desanimadoras. Segundo elas, a liberação do update para o Galaxy S II é improvável.

Apresentado na última Google I/O, o Jelly Bean é uma atualização pontual do Android, projetada principalmente para resolver dois problemas que comprometem a reputação do sistema desde as primeiras versões: o famoso “lag” e o baixo rendimento da bateria. Em termos de interface, pouca coisa muda com relação ao Ice Cream Sandwich.

A nova versão do sistema realiza justamente o que se esperava dela: o enfrentamento de alguns problemas graves encontrados no Ice Cream Sandwich. Quanto ao pessimismo sobre uma versão oficial para o Galaxy S II, talvez esse clima seja devido ao que aconteceu com o primeiro Galaxy S recentemente, no lançamento do ICS. A verdade é que, entre os analistas, a previsão é de que a Samsung concentre esforços no novo hardware, deixando o Galaxy S II para trás no que concerne ao Jelly Bean.

A ala dos otimistas

Há nessa discussão alguns otimistas que levantam argumentos favoráveis à atualização do SGS II. Segundo esses, a Samsung possui o código do Jelly Bean há um bom tempo e, nesse intervalo, as atualizações do Ice Cream Sandwich para o modelo cessaram, além de a empresa ter declarado que não deverá atualizar do Android 4.0.3 para o 4.0.4.

Isso, somado ao fato de que o primeiro Galaxy S passou por três atualizações, do Eclair para o Froyo e desde para o Gingerbread, serve de embasamento para os que veem com otimismo a possibilidade de uma versão oficial do Android 4.1 para o SGS II.

O Ice Cream Sandwich está para o Android como o Vista está para o Windows

A função do Jelly Bean não é a de oferecer um novo Android, é basicamente a de corrigir problemas históricos do sistema e, principalmente, problemas graves encontrados no ICS. Mais do que nunca, os fabricantes deveriam ter a decência de fornecer o Jelly Bean para todos os modelos que atualmente usam o Ice Cream Sandwich.

Aliás, corrigir a política de updates também seria interessante. Esse não é um problema do sistema, mas sim das empresas que com ele trabalham. Um problema grave e que se perpetua desde os primeiros Androids. De qualquer forma, a foto ao topo do texto mostra o que temos de Jelly Bean no Galaxy S II até agora.

Categorias: Samsung Galaxy S II / Tags , .

7 respostas a Jelly Bean para o Galaxy S II é incerto, ou mesmo improvável

  1. eeeeeeedu disse:

    Lógica das empresas: Pra que liberar atualização para o JB se podemos força-los a comprarem novos aparelhos?

    • Midgot disse:

      Infelizmente parece ser uma grande verdade. Torço pra que role de desenvolvedores naõ oficiais acabem trazendo. Eu tenho um S2 fico profundamente chateado se não rolar o update, porque o S2 roda o ICS brincando, usando a custom rom do pessoal do Miui Brasil a bateria chega a durar 2 dias inteiros. Só acho que será um mega fail se isso não ocorrer, o celular tem processamento de sobra para lidar com o OS. Diferente da desculpa que foi apresentada pela não adaptação do ICS no Galaxy S

  2. Infelizmente é isso. A tal "sustentabilidade" é só um tipo de papo mais que furado, tipo queijo suíço.

  3. Paulo disse:

    Ainda que o "esforço" seja menor, o Galaxy Nexus vai ser migrado para o JB. Como o hardware é praticamente o mesmo do SII, só depende mesmo da vontade da SamSUNG

  4. gustavo disse:

    veio JB eu nem sei se quero… mas se a samsung quiser colocar a UI do SGSIII mesmo que continue no ICS ao invés do JB eu não ia achar ruim…. sem lags e mais suave, vivi esse tempo todo com isso e não tenho do que reclamar.

  5. Pingback: Android 4.1 (Jelly Bean) para o Galaxy S II, novidades e otimismo

  6. Pingback: Confirmado Jelly Bean oficial para o Galaxy S II até outubro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>