galaxy root

Esse artigo pertence a uma série que pretendo fazer com informações e dicas específicas para o Galaxy S II. Aqui você saberá como obter acesso root e ter o Clockwork Mod Recovery no seu aparelho, liberando-o por completo para customizações. Antes de mais nada, é bom saber que esses procedimentos são arriscados e não me responsabilizo pelo choro de quem ocasionalmente venha a inutilizar o seu celular através deles.

O que faremos

Depois de algumas pesquisas sobre como obter acesso root no Android do Galaxy S II, decidi que a maneira mais simples e menos arriscada de proceder é simplesmente instalar um kernel otimizado da minha confiança, o Hardcore’s SpeedMod Kernel, usando o Odin.

Numa só tacada, você ganha acesso root, ganha o menu de recuperação alternativo, o ClockworkMod Recovery e ainda instala um kernel que traz algumas otimizações para o sistema. Nesse último quesito, as alterações são poucas e sutis, tendo em vista que o Android original do Galaxy S II não parece carecer tanto de otimizações.

O que é ClockworkMod Recovery e o que você ganha com ele

O ClockworkMod Recovery substitui o menu de recuperação original do seu Android. Ele está disponível para vários modelos e através dele você tem mais opções de manutenção avançada sobre o firmware instalado do que teria no recovery original do aparelho.

É através do Clockwork Mod que você, por exemplo, pode instalar uma custom ROM como o Cyanogen Mod 7 ou a MIUI ROM. Nesse artigo, no entanto, devemos nos ater à instalação dos recursos. O que fazer com eles é assunto para o futuro.

A instalação

Antes de qualquer coisa, baixe o arquivo que preparei contendo o Odin e o SpeedMod kernel num mesmo arquivo .zip. Aqui está tudo o que você vai precisar no procedimento. Feito o download, basta seguir os passos:

  • samsung-galaxy-s-ii-odin-download-mode_2Coloque seu Galaxy S II em Download Mode. Para isso, com o aparelho desligado, pressione e mantenha pressionados Volume Down + Home + Power até que seja exibida a imagem ao lado. Em seguida, pressione Volume Up para confirmar a entrada no modo de download;
  • Execute o Odin, conecte o aparelho à USB e espere até que ele seja reconhecido, o que será indicado por um retângulo amarelo logo abaixo do texto “ID:COM” na interface do software;
  • Verifique todas as opções do Odin. As únicas que devem permanecer marcadas são “Auto Reboot” e “F. Reset Time”;
  • Clique em PDA e selecione o arquivo “speedmod-kernel-s2-k2-16-Odin.tar” que estará na pasta do Odin, pois eu mesmo incluí no pacote;

A tela do Odin com tudo pronto para o procedimento será apresentada exatamente como visto abaixo.

odin flash kernel galaxy s ii

Tudo pronto, basta clicar em Start e rezar para a força superior da sua preferência. Concluída a instalação seu Galaxy S II será reiniciado e você terá não apenas acesso root no Android como também o Clockwork Mod Recovery, agora acessível através da combinação “Vol. UP + Home + Power”.

Há outros procedimentos para obter acesso root no Galaxy S II, com métodos nos quais a única modificação operada no kernel é a inclusão do acesso root. Examinei um desses procedimentos e o considerei arriscado por envolver a escolha de um kernel específico para cada baseband do firmware instalado. Uma escolha errada, nesse caso, pode criar uma situação bastante arriscada e tensa.

As vantagens do método aqui exposto são consistem no fato de ser um procedimento mais seguro, pois o mesmo kernel é compatível com qualquer firmware do Gingerbread que esteja em uso no seu aparelho, embora eu recomende checar antes no Kies e realizar o procedimento com o sistema mais atual. Ademais, com ele você ganha acesso root ao Android no Galaxy S II, além do Clockwork Mod Recovery e, de quebra, algumas otimizações para o sistema.


Posts Relacionados:

  1. Galaxy S II Clone – Custom ROM tenta fazer do seu Galaxy S um “clone” do Galaxy S II
  2. Samsung doa Galaxy S II para desenvolvedor do Cyanogen Mod
  3. Saiba o que um bom NAS (Network Attached Storage) tem a oferecer e que usos fazer dele
  4. Galaxy S II e Galaxy Tab II surgem no stand da Samsung na MWC 2011
  5. Android 2.3.5 para o Samsung Galaxy S i9000 via Cyanogen Mod 7 [Atualizado]
Categorias: Samsung Galaxy S II / Tags , , .

13 respostas a Galaxy S II, root e Clockwork Mod Recovery – saiba como fazer e conheça as vantagens

  1. Dudu rocha disse:

    , olá, eu instalo roms direto no meu SII, e geralmente consigo o meu root pelo SUPERONECLICK, é perigoso este processo tbm?

  2. Marco Dutra disse:

    Senhores.

    Após instalar uma custom ROM como o Cyanogen Mod 7 ou a MIUI ROM é possivél voltar para ROM oficial da SAMSUNG?

    Desde já obrigado.

  3. Eu fiz o root através de um topico na comunidade portalandroid.org, vc chegou a ver Ticiano? Não incrementa o contador de fw!

  4. Emerson disse:

    estou querendo fazer este procedimento, mas tenho algumas duvidas… se eu fizer poderei atualizar o celular pelo kies ?… e pra voltar pro celular original como eu faria?? (pela lógica pegaria um kernel original, mas onde acho?? ja procurei por todo canto e só acho com root. ou cwm). meu sgs2 tem android 2.3.4 uhki1 Valeu

  5. Pingback: Seu Galaxy S II de volta ao sistema original e sem "marcas" de operadora

  6. Olá, fiz o procedimento acima correu tudo normal, no entanto após reiniciar o sistema aparece um ponto de exclamação abaixo do logo da samsung, isto é normal?

  7. neillsson disse:

    e pra min baixar pra o celular ou pc Odin.

  8. Lêdo Maciel disse:

    Olá,

    de onde pode-se baixar os arquivos, visto que o Megaupload e o Multiypload não existem mais?

    Obrigado

  9. Frederico disse:

    Uma duvida, nesse procedimento, estamos colocando uma ROM modificada em cima do que ja vem no aparelho correto?

  10. Luiz Antonelli disse:

    O arquivo para download não existe mais no site, com faço? Obrigado

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>