28tu96taoxh0h

As diferenças cruciais entre a primeira e a segunda geração do Galaxy S consistem na utilização de uma nova versão do launcher da Samsung (TouchWiz 3.0 no Galaxy S e TouchWiz 4.0 no Galaxy S II) além do fato de o modelo mais recente trazer uma tela de 4,3” Super Amoled Plus e um processador dual core de 1.2Ghz, contra as 4.0” Super Amoled e o processador single core de 1Ghz do primeiro modelo.

Custom ROM nenhuma vai estivar a sua tela em 3 polegadas, adicionar o “Plus” no Super Amoled e nem criar um núcleo extra no seu processador, mas a proposta da Heathens SGS II Clone V2, criação de um desenvolvedor conhecido como jellette é levar o Galaxy S até o mais perto possível do Galaxy S II que ele poderá chegar.

Para realizar esse feito, a ROM traz tremendas otimizações de desempenho para o sistema, amadurecidas durante os anos em que o Galaxy S foi debulhado por inteiro no XDA Developers, além de um overclock no processador, que é esticado até 1.42Ghz e de uma modificação da interface TouchWiz 4.0, oficial da Samsung, que permitiu instalá-la no Galaxy S.

`Para quem quiser mais informações sobre a ROM, recomendo o tópico oficial no XDA Developers.

Adianto, antes de mais nada, que ninguém, nem o jellette e muito menos eu, assume qualquer responsabilidade por dados causados em modificações feitas sobre o seu aparelho.

Fica essa dica a título de curiosidade. Eu sou conservador e continuo com o CyanogenMOD 7.

ATENÇÃO: Essa ROM está disponível, por enquanto, apenas para o Vibrant, uma das inúmeras variações do Galaxy S.

Categorias: Android / Tags , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>